sexta-feira, 24 de julho de 2009

Mãe Manuela

Olá a todos.
Sou uma mãe de uma criança portadora de Nee. O meu filho tem uma doença rara e degenerativa que condiciona muito a nossa vida, no entanto ele já tem 18 anos. Vivi uma grande parte destes anos a achar que ninguém me entendia e não conhecia praticamente ninguém com quem pudesse partilhar as minhas experiências, sem ter apoio de ninguém a não ser da minha família.
Por isso a existência desta associação é uma mais valia para todas as famílias que tem o fardo pesado de cuidar e educar crianças diferentes. Diferentes mas especiais.
É com muito orgulho que também faço parte deste projecto e pretendo ajudar todos os pais que, tal como eu, vivem com uma criança especial. O facto de poder partilhar com eles as alegrias e as tristezas que essas crianças nos dão todos os dias e poder falar abertamente dos nossos filhos, sabendo que estamos a ser ouvidos e compreendidos, é muito gratificante. Por isso mesmo deixo um pequeno recado a estes pais: vivam um dia de cada vez, aproveitem cada minuto na companhia dos vossos filhos e amem-nos muito. E não se esqueçam que amanhã haverá um novo dia!
Manuela Gomes (Bragança)

3 comentários:

  1. Manuela, já a conheço há algum tempo, e deixe-me dizer-lhe que a sua coragem é para mim uma lição de vida. Obrigada por se ter associado a esta causa e lutado por ela, sem a sua ajuda pouco teria sido possível.
    Celmira

    ResponderEliminar
  2. Olá Celmira.Em resposta ao seu comentário, atrevo-me a dizer que foi Deus que a colocou no caminho de todas as familias que, tal como eu, andavam desencontradas. Agora sim, estamos todos juntos e todos do mesmo lado, e isto só foi possivel com a sua ajuda, força, perseverança e um grande coração. Por isso,eu é que devo agradecer, não só a si como a Deus por tê-la colocado no meu caminho.Já sabe que pode sempre contar comigo.Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Pois é, Celmira, tem toda a razão. Bragança poderia ter sido pioneira na criação da nossa sede mas deixou passar esta oportunidade. De qualquer forma,é bom saber que alguém nos dá atenção e nos proporciona um espaço onde a sede se possa instalar. Talvez a nossa camara perceba agora a importância da existência de um pequeno espaço para as nossas instalações. E o espaço que precisamos nem é nada de especial, nem precisa de ser grande e acredito que se houver boa vontade até se pode conseguir.
    Vamos aguardar e ver o que acontece. Parabéns também pelo novo projecto criado para dar apoio às pessoas com NEE e suas familias, é de facto um grande passso e é de enorme importancia para estas familias.. Teremos que pensar nessa possibilidade também para Bragança mas para isso precisamos que a camara se lembre de nos dar uma mãozinha.
    Bjs e parabéns pelos projectos já conseguidos, no entanto sei que estes são só os primeiros de muitos que ainda virão.
    Manuela Gomes

    ResponderEliminar