segunda-feira, 13 de julho de 2009

O caminho faz-se caminhando...

Iniciamos esta caminhada em 2005. Na altura pretendíamos conhecer a realidade em que viviam as famílias de crianças com necessidades especiais no nosso distrito. Até então não havia nenhuma informação disponível ou estudo realizado, que nos permitisse perceber as necessidades, dificuldades, interesses ou motivações deste grupo específico de pessoas.
Entre 2005 e 2006 realizamos entrevistas a familiares de crianças com NEE do distrito. Percebemos na análise desta informação que um longo caminha havia a percorrer: a resposta das redes de apoio formal existentes na altura, para estas famílias era deficitária.
Em 2007 apresentamos estas informações na ARS Norte (ACES do Nordeste) à Prof. Dr.ª Berta Nunes. Sensibilizada com as informações recebidas disponibilizou os Centros de Saúde para um trabalho que viria a transformar-se no que hoje temos. Durante 2008 fomos a todos os Concelhos do Distrito dar formação no âmbito das NEE a famílias, técnicos de saúde e professores. Ao mesmo tempo, a rede de apoio formal na área da saúde era reforçada: todos os Centros de Saúde dispunham agora de psicólogos, terapeutas da fala, fisioterapeutas e outros técnicos, que juntos, têm vindo a contribuir para a qualidade de vida das crianças com NEE do nosso distrito e suas famílias.

Com o apoio do ACES do Nordeste criamos este ano dois projectos inovadores:


Já a decorrer já em Bragança.
E a Associação


Associe-se a nós nesta caminhada, para que juntos possamos concretizar todos os projectos definidos.



6 comentários:

  1. Estou muito sensibilizada e emocionada com o vosso trabalho. Sou Educadora e como é óbvio lido com essas situações todos os dias. Temos de felicitar este tipo de iniciativa, procurando dentro das nossas possibilidades apoiar e colaborar.

    Parabéns e um grande beijinho
    Xana (Algarve)

    ResponderEliminar
  2. Depois de tudo o que li e "senti", apenas me resta dizer "bem-haja" quem tem Coragem, Força, Perseverança, DISPONIBILIDADE e SABER para ajudar aqueles que sendo pais de crianças especiais,também são pais especiais... porque são os pais dos seus filhos. Quando partilhamos a dor suaviza...
    Parabéns e FORÇA.
    Se precisarem de mim, estou disponivel para cooperar.
    Um beijinho
    Fiomena Almeida

    ResponderEliminar
  3. Em tempos que só o imediato, o sucesso, o belo, o politicamente correcto parecem interessar quando afinal tudo isso não passa de vã ilusão.
    Iniciativas como esta são a evidência que se pode, realmente, fazer bem à Humanidade.
    Eurico

    ResponderEliminar
  4. Grande iniciativa a deste site. Ainda não consegui ler tudo, uma grande obra, seria bom que fosse conhecida nos meios de difusão massiva para os pais que necessitam de VCS.
    Isto demonstra que não estamos sós neste inmenso planeta!!
    Bem hajam!

    ResponderEliminar
  5. ola o meu nome é PATRICIA sou mae de uma criança com autismo.E gostaria de agradecer a iniciativa .Vivo em FOZCOA e é muito dificil ter acesso a este tipo de coisas DR.CELMIRA obrigado por se deslocar de tao longe p nos abrir portas ao conhecimento e ao modo como devemos lidar c as nossas crianças.Em nome de toda a minha familia OBRIGADO!!

    ResponderEliminar
  6. Ajudar os pais a encarar a realidade com o amor maior não é tarefa fácil. A atitude normalmente assumida é a de dizer não à verdade escondendo-a deles próprias e dos outros.
    E aquelas crianças são fantásticas; constituem lições permanentes de vida e de abnegação. Um sorriso delas é a afirmação grande, muito grande, da natureza redimida.
    Parabéns Celmira pelo teu notável trabalho. Quem te conhece sabe que é apenas o início do muito que está por acontecer no teu percurso profissional.
    Aproveito para cumprimentar a anterior comentadora deste post, a Xana, pelo meritório trabalho que está a desenvolver na mesma área educativa, na região do Algarve.

    ResponderEliminar